Quando pensamos em exemplos de marketing de conteúdo, precisamos pensar em marcas, sobretudo as mais famosas, que entregam com perfeição essa área do marketing digital.

Afinal, os critérios da criação de conteúdo, quando levados a sério, são armas poderosas de propagação de ideias, assim como ótimos elementos que permitem que a sua empresa tenha maior notoriedade, destaque, visibilidade e lucros, obviamente.

Por isso, é essencial pensarmos em exemplos que deram certo, para que possamos atingir os nossos objetivos com base no que já foi testado e aprovado.

Isso evita a perda de tempo, prejuízos e investimentos que não são lucrativos. Portanto, se você deseja conhecer os melhores exemplos para não ficar de fora da onda de sucesso, é só continuar lendo o artigo. Vamos nessa?

Exemplos de marketing de conteúdo: em quem se inspirar?

Em primeiro lugar, é importante ter em mente que os exemplos de marketing de conteúdo, apesar de serem uma ajuda e tanto para termos um norte na hora da nossa própria criação, não devem ser seguidos ao pé da letra.

O motivo? Bom, cada marca estuda o seu público, assim como as suas necessidades e tudo aquilo que ela precisa para se desenvolver bem.

Desse modo, é essencial que os exemplos sejam inspirações, mas sempre levando em conta a sua realidade, a sua meta e os seus objetivos, da sua empresa e da sua equipe, combinado? Então, depois do lembrete feito, vejamos os exemplos.

Red Bull

Dessa forma, a nossa primeira marca para servir de exemplo de marketing de conteúdo para você é a Red Bull.

Por estar no imaginário dos clientes há algum tempo, sempre bem consolidada, pode parecer improvável ela ter que “apelar” para o marketing de conteúdo, mas saiba que a marca lançou mão da estratégia e teve um êxito e tanto.

Assim, mesmo com o slogan que todos conhecem, juntamente com a logo e todas as cores características, o site e as plataformas de comunicação da Red Bull dão um show de atenção ao público, atendendo as dores dos clientes nos pontos em que eles precisam ser tocados.

Por exemplo: os empresários sabem que o seu público ama esporte e faz uso do produto, boa parte das vezes, nessas condições, então eles investem pesado nesse conteúdo, que é relevante para os consumidores da marca.

Com isso, sempre apostando na produção de conteúdo multimídia de qualidade, que engloba textos, vídeos, posts, etc, Red Bull agrega valor a persona que criaram. Logo, a regra que fica clara para nós aqui é esta: a lição aqui é clara: investigue sobre o que o seu público gosta e faça conteúdos voltados para isso.

Nike

Nesse sentido, a nossa próxima marca modelo é extremamente bem conhecida e, claro, não é à toa. Estamos falando da marca Nike, que também trabalha fortemente com a criação de marketing de conteúdo de qualidade.

Isso porque, a Nike Brasil, que mais conhecemos, adaptou suas estratégias com relação a Nike tradicional, mostrando novamente que as ideias precisam se moldar a realidade de cada público.

Portanto, ao invés de produzir conteúdo apenas por meio de blogs e sites, como forma de divulgar e vender, sem tantos detalhes, a Nike Brasil atua constantemente nas redes sociais, principalmente com o conteúdo gerado pelo usuário (CGU).

Para deixar mais claro, vamos especificar: essa marca tem ações que convocam um engajamento pesado dos clientes, como o projeto “Vem Junto”,

que é um sistema online que permite que os usuários participem de modo online. Logo, além de participar nos eventos promovidos por outras pessoas, a galera pode criar seus próprios projetos.

A cada curtida, hashtag, compartilhamento, menção e tudo que envolve o projeto, a Nike está ativa como incentivadora do esporte e da cidadania, fazendo uma boa imagem de si e convertendo isso em vendas, mesmo que de forma sutil e nada invasiva.

Junto a tudo isso, a Nike Brasil também conta com 4 canais no Youtube e 4 páginas no Facebook, além de estar no Instagram e no Twitter também. Esperta que a marca é, cada perfil é segmentado de acordo com um interesse, por exemplo, futebol, corrida, etc, então nota-se que um dos segredos do sucesso é  ter uma segmentação ampla, estando nos mais diversos espaços, além de ser o mais humanizada possível.

Exemplos de marketing de conteúdo: inspire-se na Coca-Cola

A Coca-Cola sempre foi muito bem vista com relação às propagandas, que interagem com o público e que possuem temas e músicas que são 100% marcantes na vida da população, em especial a brasileira.

Tais estratégias são vistas sempre nas frases que grudam na cabeça, mostrando que a marca se preocupa com quem a consome, relacionando emoções a sentimentos e experiências (“Abra a felicidade”).

Assim, além das frases marcantes, da conexão com o público e de sempre estar em diversas mídias, a Coca-Cola também cria parcerias, jogos, conversa com influenciadores famosos e proporciona bons resultados de modo orgânico ou não. Sabemos que a empresa é renome no mercado, mas nada te impede de se inspirar, certo?

Buffer

O Buffer está entre as principais ferramentas de social media disponíveis no mercado atual, o que o torna um modelo e tanto de inspiração para quem cria qualquer tipo de conteúdo, especialmente nas redes sociais. Às vezes, você pode pensar que precisa copiar uma empresa, porém, apenas segui-la nas plataformas digitais já será uma bússola para você.

Comprovando novamente que estar em mais de uma plataforma é essencial, o Buffer tem 4 blogs, um com cada tema voltado para um público distinto e com estratégias de persuasão diferenciados: um blog é para área de engenharia, um é para falar mais sobre a cultura interna, um é destinado para o segmento de social media e o último é sobre transparência.

Apostando em uma tendência diferenciada, a empresa quer que o público se sinta cada vez mais próximo dos funcionários, então os salários, por exemplo, foram publicados nesse blog de transparência. 

Você não precisa ir a esse nível, mas entenda que, assim como deu certo para eles uma pegada diferente, pode dar certo para você também apostar no inovador.

Empresa Resultados digitais

Essa é uma empresa de marketing digital bastante conhecida e que tem como objetivo estar “em tudo, em todo lugar e ao mesmo tempo”, já que produz diversos conteúdos riquíssimos no quesito de informação, sem deixar de lado a qualidade e a aproximação com o público.

É um dos exemplos de marketing de conteúdo justamente por ter ferramentas que são úteis para quem consome o seu produto e, ainda, por se integrarem com eventos que alavancam o seu nome e a tornam símbolo do seu segmento.

GOV.UK

Talvez você nunca tenha escutado falar dessa empresa, mas faz total sentido ela estar na nossa lista de exemplos de marketing de conteúdo! O GOV.UK é um site do Reino Unido que, para chegar ao patamar que está hoje, passou por algumas transformações que servem de norte para nós.

Pense só: o site é sobre tirar dúvidas e responder a questionamentos de 5 países, então pense na loucura que essa proposta do GOV.UK não parece ser. Contudo, a ideia é a de criar uma experiência digital agradável que não seja um dificultador, mas, sim, um facilitador de perguntas e respostas, de modo geral.

Porém, para sonhos ousados, precisamos nos redescobrir, como é o caso desse negócio. Isso porque, o governo precisaria não apenas ser eficiente nas respostas, como também ser capaz de engajar para que haja perguntas para serem respondidas, por exemplo. Afinal, não tem como o site funcionar sem a adesão da população. 

Dessa maneira, no blog, você encontra alguns nichos, que vão desde acessibilidade a design e inclusão digital. Portanto, note que, mesmo em organizações mais complexas, como essa do governo, é possível, sim, criar uma estratégia de conteúdo que tem tudo para ser apenas burocrática, mas consegue engajar os usuários e ser amplamente reconhecida.

HubSpot

Por fim, vamos falar da HubSpot que é nada mais, nada menos, do que uma das maiores empresas de marketing digital do mundo. O que faz dela esse gigante da sua área é a multiplicidade de recursos que a englobam, considerando que ela possui soluções de marketing, vendas e CRM que integra tudo que a empresa faz. .

Boa parte do sucesso desta filial é por conta da estratégia bem utilizada de Inbound Marketing. A HubSpot, além de lançar mão dessa técnica, também ensina como realizá-la com perfeição, o que é ótimo, já que ela passa credibilidade, autoridade e humanização.

[pt_view id=”e0891f9fzb”]

Os blogs são referências, mas não são o único meio da marca propagar o que deseja. Templates, redes sociais, vídeos, ebooks e muito mais, tudo que é possível a empresa faz questão de testar. Isso mostra o quanto o conteúdo é importante para construir uma marca e mantê-la no auge por muito mais tempo.

Ufa! Quantos exemplos de marketing de conteúdo, não é verdade? Essas e tantas outras marcas só comprovam que a estratégia do meio digital vale muito a pena de ser investida. Com esforço, dedicação e muito, muito estudo, você conseguirá alavancar os seus resultados sem dores de cabeça, prejuízos e ideias que não são tão legais assim.

Caso você deseje ampliar ainda mais os seus conhecimentos sobre marketing digital em geral, não deixe de conhecer os outros conteúdos que temos em nosso blog, os quais te guiam, sem dificuldades, pelo caminho mais tranquilo que você deve trilhar. Obrigada pela leitura e até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *